“O desejo de ajudar os outros e de alguma forma contribuir para o mundo foram importantes na escolha da minha carreira”

 

Aluna do Colégio Etapa desde o primeiro ano do Ensino Médio em 2015, Amanda Miki Arimura, 18 anos, escolheu a carreira de Medicina pensando na importância do médico para a sociedade.  “O desejo de ajudar os outros e de alguma forma contribuir para o mundo foram importantes na escolha da minha carreira”.

No dia da divulgação da lista da Fuvest, Amanda conta que foi difícil criar coragem para conferir se o nome dela estava lá. “Cheguei no Etapa e os meus amigos insistiram para eu olhar, pois a notícia era boa. A sensação de ver meu nome foi indescritível, era a realização de um sonho!”, relembra.

Depois de confirmar a aprovação, ela foi contar a novidade para os pais e o namorado. “Eles foram muito compreensivos, principalmente com os vários períodos de ausência em que me dediquei aos estudos”, conta.

“Apesar dos estudos, não pode deixar a felicidade escapar, pois a vida continua acontecendo. É necessário equilíbrio. Eu aproveitei muito o meu terceiro ano no Etapa e não me arrependo de nada”, afirma.

  

Quer conhecer mais histórias? Clique aqui!