Aluno do Etapa conquista medalha de ouro na OIbF

A Olimpíada Ibero-Americana de Física (OIbF) é disputada por estudantes de 19 países latino-americanos, além da Espanha e de Portugal

Gustavo Misawa Hama, aluno do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Etapa, conquistou medalha de ouro com a segunda melhor nota dentre todos os competidores da Olimpíada Ibero-Americana de Física (OIbF), realizada entre os dias 17 e 23 de setembro, na cidade de Armênia, na Colômbia. A equipe brasileira formada por quatro alunos competiu com outros 21 países e trouxe, ao todo, três medalhas de ouro e uma de prata. 

  

Gustavo Misawa Hama (último à direita) conquistou medalha de ouro com a segunda melhor nota da OIbF

Gustavo conta que se interessou pelos treinamentos e competições de Física porque gosta de ser desafiado a aprender mais. “Comecei a estudar e participar das olimpíadas no 7º ano, mas só a partir do 1º ano do Ensino Médio é que passei a me dedicar de verdade”, lembra.

Entre as suas conquistas estão uma medalha de ouro e uma de prata na Olimpíada Brasileira de Física (OBF) em 2015 e em 2016, respectivamente. Agora, o principal objetivo de Gustavo Misawa Hama é passar no concorrido vestibular do Instituto de Tecnologia Aeronáutica (ITA).

Sobre a OIbF

A Olimpíada Ibero-americana de Física (OIbF) é organizada por professores e pesquisadores de Física de países Ibero-americanos (19 países latino-americanos, além da Espanha e de Portugal) e destinada a estudantes do Ensino Médio.

O processo de seleção dos estudantes para participar da OIbF começa após a divulgação dos resultados da última edição da Olimpíada Brasileira de Física (OBF). Os 60 estudantes com melhor desempenho na OBF são convidados a fazer três testes seletivos. Sendo que a última prova envolve cerca de 20 estudantes, dos quais nove são escolhidos para representar o país nas competições internacionais, como a OIbF.